O BRINQUEDO MAIS PERIGOSO DO MUNDO.

Na década de 50 a empresa americana, A.C. Gilbert Company desenvolveu o ” U-238 Atomic Energy Lab” um brinquedo que funcionava como uma espécie de Mini laboratório para fazer testes com elementos radioativos. Esse é considerado “o brinquedo mais perigoso do mundo” pois continha material radioativo que incluiu: Partículas alfa, beta e gama, ( altamente mutagênicas) que podiam causar câncer.

Atomic Energy Lab

O conjunto originalmente foi vendido na década de 1950 por US$ 49,50 e continha o seguinte:

  • 1 Contador de Geiger Muller;
  • 1 Eletroscópio;
  • 1 Câmara de Wilson ou Câmara de Nuvens (Cloud Chamber) que continha Polônio 210;
  • 1 Deionizador;
  • 1 Espentariscópio;
  • 4 frascos de vidro contendo amostras de Minérios de Urânio (Autunita, Tornernita, Uranita e Carnotita);
  • Amostras radioativas Chumbo 210 (alfa e beta), RU-106 (beta), Zinco 65 (gama),
  • 4 “Esferas Nucleares” que nada mais eram que um modelo atômico;
  • 1 Livro: Learn How Dagwood Splits the Atom!
  • 1 Manual de Instruções de 60 páginas
  • 1 Livro: Prospecting for Uranium do Governo dos EUA.
  • 3 Pilhas “C”
  • 1 Catálogo de brinquedos

Este “brinquedo” foi visto a venda somente entre 1951 e 1952, após esse tempo foi banido das prateleiras pelo alto custo do brinquedo pela época e pelo alto teor de periculosidade! Esta banido nos tempos atuais.

Detalhe importante: Na compra desse brinquedo, você levava um câncer de brinde!…O presenteado ganhava no Natal e no Ano Novo já poderia estar sem os cabelos!

Atomic Energy Lab O brinquedo mais perigoso do planeta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *